Recentemente, tive um burnout. Se você não sabe o que é, vou explicar em uma frase: é o ápice do estresse.

Nesta época, nos dias da minha folga, vegetava no sofá da minha casa. Só levantava para comer algumas coisa (que era sempre algo pronto, porque não tinha disposição para fazer nada) e usar o banheiro. Não tinha força nem para ligar a televisão. Além disso, minha mente estava bem confusa. Tinha dificuldade de terminar um assunto sem esquecê-lo no meio da conversa, trocava palavras compostas de posição (exemplo, ao invés de dizer “guarda-roupa”, dizia “roupa-guarda”), precisava de silêncio absoluto para conseguir me concentrar em alguma coisa, entre tantas outras coisas.

Fiquei assim por semanas, até que a minha imunidade caiu e peguei uma pneumonia seríssima. Passei 21 dias em tratamento. Foi neste momento que procurei ajuda médica e mudei radicalmente meu estilo de vida. E, hoje, após esse período exaustivo, quero compartilhar com você cinco verdades que te libertarão do estresse, verdades aprendi durante essa fase. Tenho certeza que o estresse tem assombrado sua vida!

E aí, vamos caminhar comigo nesta trajetória durante este mês? Toda quarta-feira terá um pedaço desta história por aqui! Ah! E a primeira verdade você já pode ler abaixo!

* * *

VERDADE #1: SEU UMBIGO, SEU INIMIGO!

Em um mundo onde todos se expõem em redes sociais, nos acostumamos em mostrar para todos o que fazemos no nosso dia-a-dia. Algo que era para nos trazer algum entretenimento, tornou-se uma maldição na nossa vida.

O uso das redes sociais tornou-se meio de justificar nossas ações, de mostrar como somos boas ou lindas e para nos autoafirmarmos. Se você não quis dizer algo, textão. Se você quer mostrar o quão inteligente é, foto do trabalho da faculdade. Se você quer que as pessoas vejam como sua agenda é cheia, stories o dia inteiro. Se você quer mostrar o quão diligente tem sido com sua alimentação e exercícios, foto semi nua, expondo toda a sua beleza corporal. E por aí vai…

Infelizmente, temos gastado toda nossa energia e disposição a fim de protegermos nossa reputação custe o que custar. E onde isso pode parar? Na cama! A luta desmedida por nossa autoimagem suga nossa vida, deixando-nos extremamente esgotadas e, consequentemente, doentes.

Por isso, a primeira verdade que você precisa ter bem enraizada em mente é: pare de olhar para o seu umbigo!

Se formos trocar “olhar para o nosso próprio umbigo” por alguma expressão bíblia, seria “temor a homens”. Temer a opinião dos outros nos faz correr atrás de nós mesmas sem limites. No entanto, a bíblia nos ensina que “Temer as pessoas é uma armadilha perigosa…” (Provérbios 29.25a) e uma das armadilhas é o que o estamos vendo nesta mini série – o estresse. Mas como podemos mudar isso? “…quem confia no Senhor está seguro” (Provérbios 29.25b). O segredo para parar de olhar para o próprio umbigo é confiar em Deus.

Ah! E sabe outra forma que, além das redes sociais, mostram o quanto estamos centradas em nosso umbigo e, consequentemente na opinião alheia? Nosso “mimimi”. Somos facilmente ofendidas!

“O insensato se ira com facilidade, mas o sábio ignora a ofensa.” (Provérbios‬ ‭12.16)

A sua história não é sobre você e nem o quão perfeita você é ou procura ser, mas é sobre Deus. Deus não é só o autor da história, como é o personagem principal. Infelizmente, por causa do pecado, trocamos esta verdade e nos colocamos no lugar dEle, crendo que é o nosso papel mudar o mundo com a nossa perfeição. No entanto, a história é sobre como a perfeição dEle alcançou os imperfeitos – nós – e como o Seu poder transforma-os.
Não precisamos lutar por nossa reputação, pois, em Deus, já temos tudo o que precisamos – vida nova, perdão quando erramos, força para lutar contra os pecados (o que nos torna cada dia melhor) e desafios do dia-a-dia, e, consequentemente, alívio. Confiar em Deus nas pequenas e grandes áreas da nossa vida traz descanso para nossa mente e coração.
Diante disso, você tem confiado em Deus ou tem buscado com suas próprias mãos cuidar de si mesma? Como você tem usado suas redes sociais? Como tem sido suas atitudes diante dos seus erros e acertos? E como tem reagido a ofensas?
Você não está neste mundo para “se mostrar” a outros. Você está aqui para olhar para o Senhor e nEle confiar. Como um amigo me disse anos atrás: “a vida é um convite para confiamos em Deus!”