Warning: include_once(/home/storage/4/3f/f7/conselhosparameninas/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase1.php): failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/4/3f/f7/conselhosparameninas/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 20

Warning: include_once(): Failed opening '/home/storage/4/3f/f7/conselhosparameninas/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase1.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/4/3f/f7/conselhosparameninas/public_html/wp-content/advanced-cache.php on line 20
Mulher de opinião tem limite – Conselhos para Meninas

Nós, “mulheres de opinião”, temos a tendência de nos apegar e idolatrar os nossos próprios posicionamentos sobre todo e qualquer assunto. Isso pode ser percebido de várias formas, seja pela dificuldade em ouvir os outros ou por acreditar piamente que precisamos divulgar o que cremos.

No universo cristão o mesmo acontece. Influenciadoras cristãs têm caído na mentira de que sua opinião precisa ser dada para que o mundo seja transformado. Mas nós temos limite!

Nossas opiniões precisam ser balizadas pelo temor a Deus. Provérbios 1.7 diz que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria, ou seja, se queremos fazer diferença por meio das redes sociais, agindo com sabedoria, então, precisamos temer a Deus. Por isso, o que falar, quando falar, como falar, onde falar devem ter isso em consideração. Ah! E o “por quê” também é essencial. Se nosso propósito são os aplausos, forçar alguém a crer como nós, meter o dedo na cara ou mostrar para o mundo que sabemos discutir sobre o assunto a, b e c, logo, estamos fazendo tudo errado. Todo e qualquer post deve ter um único motivo que, parafraseando Mateus 5.16, é: “Da mesma forma, seus bons textos, estudos, conhecimentos e posicionamentos públicos devem brilhar, para que todos vejam e louvem seu Pai, que está no céu”.

Se ser uma mulher de opinião é mais importante do que apontar Cristo, tem algo errado. Se expor um conhecimento é mais importante do que agir com sabedoria, então tem algo errado. E se deixar de falar algo é menos importante do que ouvir os outros, então tem algo errado.

Sem o Evangelho e sem temor a Deus de nada vale nosso conhecimento, posicionamento e missão.

Ser uma mulher de opinião pode ser sim uma bênção para auxiliar outras mulheres a se aprofundarem em seu relacionamento com Deus. No entanto, devido ao pecado, também pode ser uma maldição – gente que envergonha o Senhor, divide a igreja e suja o nome de Deus. Por isso, precisamos desenvolver essas habilidades e dons com temor a Deus, tendo sempre em mente que o propósito é mostrar que todos nós precisamos de Jesus.

“Confie no Senhor de todo o coração; não dependa de seu próprio entendimento”. (Provérbios 3:5) 

Publicado por Marilia Berti

Formada em licenciatura em Teologia com ênfase em Educação Cristã pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (2014), em bacharel em Teologia pelo Centro Universitário Filadélfia (2016), especializada em Aconselhamento Bíblico pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (2017) e estudante de Pedagogia na Cruzeiro do Sul (2018-2021). É missionária da Organização Palavra da Vida, onde trabalha como deã das alunas do seminário e auxiliar de marketing e é idealizadora do projeto Conselhos para Meninas (2013), que visa aconselhar e orientar biblicamente jovens moças, o que ocorre através do website e de palestras por todo o Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0